quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

apertemos o cinto

video

Apesar de não ter qualquer efeito prático na economia, até porque os governantes do nosso país nem são particularmente bem pagos, cai bem no povo ouvir um ministro dizer que se for necessário, admite diminuir o seu salário. Disse-o ontem o Ministro das Finanças na Sic Notícias enquanto tentava desesperadamente explicar porque razão é difícil viver num país onde sistemáticamente se gasta mais do que se tem. Mesmo quando se tem muito.

Agora falta ouvir outro dos actores.

Sim, porque desde o tempo de Ramalho Eanes que não se houve falar em austeridade lá para os lados de Belém.

É que o povo, embora saiba que não tem efeito prático na economia, gosta de ter a sensação que a vida custa a todos.

Sem comentários:

Enviar um comentário