sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Outro que faz anos



Sempre me senti um privilegiado pelo facto de ter crescido balizado pelo hiato da suspensão da emissão das aventuras deste artolas. Já não vi a versão em bonecos de plasticina e não tive que levar com a versão digital.
Um tipo que usa um guizo na ponta do chapéu, que conduz sem ter carta de condução, tudo nas barbas de um agente da autoridade com quem mantém uma relação próxima, sem nunca ser autuado, não pode ser um bom exemplo para quem está a formar a sua personalidade. Se calhar é por causa deste clima de impunidade que a malta que o admira passa a vida a sacar filmes e músicas "à moi" da internet sem apresentar qualquer espécie de remorso ou respeito pelo copyright.
Conheci este Peter Pan de trazer por casa à custa de uns livros amarelecidos que o meu irmão manteve, sabe-se lá com que estranho desígnio, e também porque esporádicamente dava a preto e branco no canal único.
Quando apareceu a versão "moderna" do massacre, já eu tinha idade para não me deixar ludibriar.
Parece que faz hoje sessenta anos.
Que a terra lhe seja tão leve como a Serra do Buçaco.

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Há cinquenta anos a consumir poção.


No dia 29 de Outubro de 1959 apresentou-se pela primeira vez ao grande público na revista Pilote.
Ele e os amigos.
Para o modesto escriba que agora vos maça, as aventuras deste pequeno gaulês têm tudo aquilo que já foi dito e tudo aquilo que irá ser hoje dito ao longo do dia, mas têm um pequeno pormenor que faz toda a diferença: precisamente o pormenor.
Em cada álbum existe um nunca acabar de pequenos nadas que fazem das aventuras dos habitantes da pequena aldeia gaulesa uma descoberta nova a cada leitura.
Há coisas escondidas das quais só nos apercebemos com a repetição das leituras, à medida que crescemos e que a nossa instrução e a nossa educação nos abrem novas fronteiras de percepção.
Cada quadradinho tem mais do que aparenta à primeira vista.
É nisso que Astérix é genial.
As aventuras não podiam ser mais datadas. Aliás, cronológicamente e científicamente datadas ao detalhe. Mas a história cresce de cada vez que lhe mexemos.
As aventuras de Astérix têm público de todas as idades e estão à altura de todas as estirpes culturais.
Walt Disney, embora também genial, nunca conseguiu isso. Disney leva-nos de volta à infância enquanto Goscinny e Uderzo nos espantam sem termos de ser pueris.
GENIAL...

Para informação mais geral: http://www.asterix.com/index.html.fr

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Kobe beef



Oito anos depois, voltei a ser convidado para dar aulas na Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra.
Desta vez para leccionar uma disciplina chamada "Cozinhas do Mundo" do curso de Técnicas Avançadas de Cozinha.
Há mais de 15 anos que não encontro pela frente alunos com tanta motivação.
O programa da disciplina permite as maiores liberdades (teóricas) em nome do superior desígnio que é a formação de cozinheiros cultos a vários níveis, objectivo primeiro do curso.
Já criei um blogue temático para a disciplina onde iremos (eu e a turma) despejar literalmente toda a informação que seja ou possa vir a ser útil para a carreira destes profissionais, como é o caso deste video que foi arranjado por um aluno, mal falámos acerca deste e de mais alguns alimentos "incomuns".
Desejo-nos um percurso brilhante enquanto estivermos juntos.

Massagem mais completa aqui: http://www.youtube.com/watch?v=VSU5Iu9Z9qI

terça-feira, 27 de outubro de 2009

deixá-los falá-los que eles calarão-se-ão (espero)


Para meditar - o outro lado da coisa


Em relação ao post "para meditar", recebi este email veículado pelo meu amigo Jorge Costa.
Cada um que faça o seu juízo de valor acerca do assunto.
Se os links abaixo não "linkarem" directamente, copiem para a barra do browser.
Está tudo em inglês.



"ANDA CADA UMA POR ESTA INTERNET.

Vejam o que dizem os links abaixo.
A srª passa por Ministra mas nunca foi (apenas uma espécie de directora regional de saúde da Lapónia) e tem outras teorias da conspiração há mais de 30 anos. A partir de 1986, na sequência de um acidente rodoviário, ela contacta mais é com OVNIS e com a ideia de que os nazis foram à Lua (e não ficaram por lá)."

http://en.wikipedia.org/wiki/Rauni-Leena_Luukanen-Kilde
http://pittsburghalphatoomega.com/tag/rauni-kilde/

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

e por falar em cultura

video

Há menos de uma hora no início da Rua Visconde da Luz. Sempre ajuda a suavizar estes dias de Outono com mais de 25º. São franceses, de Lille. Levaram-me tudo quanto tinha na carteira que, como é hábito, era muito pouco.

Da cultura e da falta dela


Continuo a ter prazer em ler jornais.
Em manuseá-los, em ficar com os dedos sujos de tinta.
O Jornal de Notícias traz hoje (versão impressa) dois artigos de opinião, dois opinativos de peso, duas presenças habituais e habitualmente assertivas no que opinam.
Não raro, bastante lúcidas também.
A páginas dez (parafraseando Dinis Machado) e a páginas quarenta e quatro (de novo parafraseando...) escrevem, Mário Crespo acerca de Saramago com Carreira das Neves e Manuel António Pina acerca da cegueira induzida.
Já disse tudo, portanto vão lá ler o jornal e verão que não se arrependem.
Vá... vão lá!
Vão descobrir porque é que está aqui esta carinha laroca na imagem.

domingo, 25 de outubro de 2009

José Saramago já pode ir a Boticas.


"A GNR deteve hoje quatro pessoas, entre elas o padre de Covas do Barroso, concelho de Boticas, por suspeitas da posse ilegal de 16 armas, milhares de munições e explosivos."

in Publico online

sábado, 24 de outubro de 2009

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Vento: ar que se desloca de uma zona de altas pressões para uma zona de baixas pressões.



Do vento
Sai, do vento
Vem
Do vento vem.

Longe,
Escura fria longa brisa
Fria fresca
Fria funda
Fria vem,
Do vento vem.

Da fresca ideia,
A brisa fria,
Forte vem e a chama avisa,
Mas vem também.

E o vento,
Sopra o vento
E vem vazio
O corropio
O vento frio
A lua, o mar
O céu e o vento
E a dor também.

Que fria a brisa,
E longa a espera
Do mar, da terra
O céu de alguém.

Morreu também...

P.Costa 21.10.2009

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Novas oportunidades


Recebi esta oferta de formação por email.
Como já tenho um doutoramento em burlesco e duas pós-graduações em strip-tease com MBA em dança do ventre, deixo aqui os contactos para quem quiser frequentar.
Não concede grau académico.

das energias alternativas


Eu já aderi.
Acabei de colocar paineis solares.
Agora só falta o benefício fiscal em sede de IRS.

2


Agora já é oficial:
http://www.u2.com/tour/index/

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Finalmente


Comi hoje as primeiras castanhas.
Está oficialmente aberto o Outono.
Mal posso esperar por aquele friozinho que a espaços me dá o prazer de poder estar sentado na esplanada do Santa Cruz, devidamente agasalhado e defronte de um chazinho, por vezes um charutito, enquanto cá por baixo se espraia, bucólico, o terno bulício da cidade.
Pequenos prazeres de quem tem por trabalho uma actividade sazonal.

Direito de resposta


Anónimo disse...
Se porventura estivesses na reunião da Comissão Política de Sábado facilmente retirarias aquilo que afirmas de que os membros da CP foram os primeiros a fugir.
Por vezes temos que ter conhecimento real para que possamos opinar sobre o que desconhecemos.
Um Abraço
19 de Outubro de 2009 14:29


Este comentário foi feito hoje num post do passado dia 13.
Como não é muito comum os visitantes vasculharem posts antigos, ei-lo aqui devidamente destacado para que conste.
Agradeço notem que não retiro uma virgula a tudo o que publiquei acerca deste assunto. Mesmo dando-se o caso de as pessoas não terem agora coragem para assumir, nada invalida que ao tempo não tenham equacionado a saída e a negação do apoio ao projecto, até perante terceiros estupefactos.

Saravá, mermão!

Soneto da Fidelidade
De tudo, ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face de meu maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento.

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive) :
Que não seja imortal, posto que é chama
- Mas que seja infinito enquanto dure.


Vincius de Moraes, "poeta e diplomata, o branco mais preto do Brasil".
Faria hoje, se fosse vivo, 96 anos.

domingo, 18 de outubro de 2009

oportunidade


Aparentemente, o facto de ter perdido um vereador nas ultimas eleições está a revelar-se útil ao PSD da Mealhada.
Se já está a ser difícil arranjar dois membros da lista com disponibilidade para assumir o lugar de vereador, tarefa quase impossível seria tentar arranjar três.
No tempo dos "garotos" isto nunca aconteceu porque aquilo era uma cambada de malandros desocupados e sedentos de protagonismo que assumiam logo os cargos sem reflectir.
Felizmente esses tempos acabaram.
Agora é tudo pensado ao pormenor.
Agora é a sério!

Só para lembrar


Não fora este Verão outoniço que ainda nos cresta a existência, e o merchandising de Natal já estaria por aí ao virar da esquina.
Honra seja feita ao Lidl que não embarca em regionalismos e, como cadeia global que se orgulha de ser, já tem nas suas estantes os panetones, os gingerbreads, o bolo rei ou os dfkeivimmer (palavra alemã acabadinha de inventar e que serve para denominar todas aquelas iguarias que têm nomes inpronunciáveis para um habitante da Europa do sul) que tão gratas memórias de infância nos trazem.
Em Coimbra já anda gente a estender cabos pelas artérias mais comerciais para erigir iluminações com renas, trenós, sininhos, azevinho e outros ícones estivais. Mal posso esperar para ver se este ano vai haver pista de gelo na Baixa ou se volta a de polipropileno do ano passado.
Não tarda por aí o anúncio, sempre esperado, da localização da maior árvore de Natal do mundo - eu aposto em Gondomar, embora Oeiras tenha boas hipóteses de sucesso.
Mal comece a primeira pontinha de frio (fala-se já na próxima terça-feira), despontará do seu sono de dez meses o inefável "jingóbel" das luzinhas e das grinaldas das lojas dos chineses.
Espero não chegar tarde.
Acredito que a preparação, o festejo e a ressaca das últimas autárquicas ainda não tenham dado espaço à preparação da quadra.
Portanto, mesmo correndo o risco de desafiar o sentido de humor e o gosto de quem sabe que tem 62% dos mealhadenses do seu lado, reedito uma foto antiga de um ano e canto: lembrem-se que nós sabemos o que fizeram no Natal passado. E o Pai Natal também sabe.
Comparado com o escutínio do Pai Natal, o escrutínio eleitoral é canja.

da promoção


sábado, 17 de outubro de 2009

U2 times


Fala-se com cada vez mais insistência na hipótese de um segundo concerto no dia 3 de Outubro.

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Quo Vadis Bloco de Esquerda?


Tomou ontem posse como Deputado da Nação @ primeir@ português@ portador@ de piercing em local visível.
Que partido representa?
O CDS.
...
Mais uma machadada no BE.
Menos uma causa fracturante.
Agora só falta o BE eleger um toureiro, ou um cow-boy como lhes é mais grato chamar-lhes!

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

O homem e a aeronáutica


(Texto recebido por email)

Até os 25 anos o homem equipara-se a um Avião de Papel:
Apenas voos rápidos, de curto alcance e pouca duração.

Dos 25 aos 35 anos equipara-se a um Caça Militar:
Sempre a postos, 7 dias por semana. Ataca qualquer objectivo. Capaz de executar várias missões, mesmo quando separadas por curtos intervalos de tempo.

Dos 35 aos 45 - Aeronave Comercial de voos internacionais:
Opera em horário regular. Destinos de alto nível. Voos longos, com raros sobressaltos. A clientela chega com grande expectativa; no fim, sai cansada, mas satisfeita.

Dos 45 aos 55 - Aeronave Comercial de voos regionais:
Mantém horários regulares. Destinos bastante conhecidos e rotineiros. Os voos nem sempre saem no horário previsto, o que implica mudanças e adaptações que irritam os clientes.

Dos 55 aos 65 - Aeronave de Carga:
Preparação intensa e muito trabalho antes da descolagem. Uma vez no ar, manobra lentamente e proporciona menor conforto durante a viagem. A clientela é composta maioritariamente por malões e tralhas diversas.

Dos 65 aos 70 - Asa Delta:
Exige excelentes condições externas para levantar voo. Tem um trabalho enorme para descolar e, depois, evita manobras bruscas para não cair antes do tempo. Após a aterragem, desmonta e guarda o equipamento.

Dos 70 aos 80 - Planador:
Só voa eventualmente e com auxílio. Repertório de manobras extremamente limitado. Uma vez no chão, precisa de ajuda até para voltar ao hangar.

Após os 80 - Modelo à escala
Só serve para enfeitar.

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Pela portita dos fundos

Sai César Borges Carvalheira, sem honra nem glória...
Tudo o que poderia ter corrido mal, correu.
Até depois de terminada a campanha eleitoral se sentiu o desnorte: a lista de delegados do PSD às mesas de voto foi elaborada sem o conhecimento das pessoas que faziam parte dessa mesma lista, que obviamente não compareceram para vergonha própria e do partido.
Fosse outro o candidato a obter este vergonhoso descalabro eleitoral e teríamos hoje o sino do PSD a tocar a rebate, exigindo a marcação de um plenário e a cabeça cabisbaixa dos vencidos numa bandeja de inox.
Não houve surpresas até agora (talvez alguns não esperassem números tão pesados). Seria bom para o PSD que estas, as surpresas, não aparecessem agora e que, consequente com o que sempre exigiu aos outros, o líder derrotado desaparecesse para parte incerta pelo menos nos próximos 150 anos.
O povo é soberano, fino.
Finíssimo!
Post Scriptum - Para memória futura informo que cumpri a militância enquanto fui militante. Deixei de o ser para ter liberdade de voto, a partir do dia 30 de Julho de 2009.

Pela porta grande


O Partido Socialista obteve ontem uma vitória esmagadora no Concelho da Mealhada.
A equipa de Carlos Cabral (e de Rui Marqueiro, porque nestas alturas o PS esquece sempre as guerras internas) cumpriu a maioria dos objectivos a que se propôs:
-Ganhou a Câmara
-Ganhou a Assembleia Municipal
-Reforçou a maioria absoluta
-Aumentou o número de vereadores
-Ganhou a Junta de Freguesia de Ventosa
-Teve ainda o bónus de, numa reviravolta impressionante, ganhar para a Câmara na Freguesia da Mealhada, o que dá a Filomena Pinheiro um conforto que anteriormente lhe foi duas vezes negado pelo eleitorado.
Por cumprir ficou apenas (e muito bem) a obtenção do pleno das Juntas de Freguesia, objectivo contrariado na eleição da JF da Mealhada apesar de um grande aumento do número de votos do PS e de uma quebra na votação social democrata. Quebra que não alterou o número de mandatos atribuído.
Na JF da Mealhada, José Felgueiras conseguiu ontem uma grande vitória pessoal:
Pessoal, porque conseguida com parcos meios contra uma campanha impressionante e muito bem conduzida do Partido Socialista que apostou tudo quanto tinha e quanto não tinha na eleição de Júlio Nunes.
Pessoal, porque foi pessoalmente afrontado pelo líder da concelhia laranja.
Pessoal, porque foi diariamente confrontado com a sensação de que a dínamica da campanha do PSD concelhio poderia arrastá-lo para uma derrota.
Pessoal, porque demonstrou uma energia incomum.
Esperemos pois que a equipa que o acompanha esteja à altura do líder e dos desafios que se avizinham neste seu último mandato.



sábado, 10 de outubro de 2009

água dchi bébê...


Segundo um estudo efectuado por uma organização ambiental brasileira, o simples facto de fazermos o xixi matinal durante o duche em vez de utilizar a sanita, permite uma poupança de 4,830 litros de água por ano e por pessoa.
Esta ideia parece-me mais sensata que aquela que foi difundida no programa de Oprah Winfrey, que propunha a seguinte bizarria: descarregar o autoclismo só ao fim de vários xixis.
A quem tem o hábito de tomar banhos de imersão, aplica-se o mesmo princípio ambiental mas não existem estudos que suportem esta teoria do ponto de vista da higiene pessoal - deixa-se ao critério de cada um!

Coisa mailinda!


A nossa menina faz hoje anos.
Quantos?
Mais do que aparenta, asseguro.
Mas muito menos que aqueles que lhe desejo de vida...

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Já?!


Tenho a certeza que será um dia merecedor, mas não é um pouco cedo para atribuir o Nobel da Paz a Barack Obama?
Neste preciso momento apenas lhe são conhecidos discursos, embora excelentes alguns, mas nada de palpável no terreno.
Acho prematuro.
Não está ainda sequer clarificado na prática se a política bélica da América será muito diferente da seguida por Bush.
Os esforços de Obama em prol de um maior controlo e possível redução do armamento nuclear, conhecida primeira razão para esta atribuição, ainda demorarão muito a dar frutos.
A Coreia do Norte e o Irão continuam à solta.
Hoje, Barack Obama está mais próximo do Nobel da Economia que do da Paz.
Parece-me a mim, e isso é extremamente preocupante, que foi escolhido por exclusão de partes.

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

O Zé dos plásticos


Quem serão estes bacanos ao lado do Gonçalo?
Armas secretas para 12 de Outubro?
Este rapaz não dorme...

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

da Simplicidade



Caso exista quem sintonize o chacomporradas em Braga, logo à noite às nove e meia no Teatro Circo, os fabulásticos, simplásticos e coiso... Moriarty!

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Amália



A voz que mostrou ao mundo a dor de um país e que fez subir ao povo os eruditos, calou-se há dez anos.

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Dia da implantação da campanha eleitoral autárquica


Comemoram-se hoje os 99 anos da implantação da República.
O primeiro discurso republicano legal, foi proferido a partir da varanda dos Paços do Concelho da cidade de Lisboa, então e agora capital da Nação.
Tradicionalmente, este dia celebra-se com um discurso do Presidente da República nesse mesmo local.
Este ano, optou por não o fazer.
Considero de um mau gosto condenável.
O Senhor Presidente da República é um simbolo da Nação, um orgão de soberania e o garante da coesão nacional. Não se pode deixar enredar por campanhas eleitorais.
Considero também reprovável a conduta do senhor Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, ao afastar-se do lugar que lhe cabe nas comemorações.
Os políticos podem ser manipuladores, mas o povo é inteligente e sabe destrinçar os papeis.
Estes dois simbolos da memória de um movimento que culminou com uma das mais radicais mudanças políticas da nossa história contemporânea, são isso mesmo: simbolos.
Nem mais nem menos que isso.
Façam o favor de crescer!

O fado de cada um

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Sabedoria pura...


BARRIGA É BARRIGA... Por Arnaldo Jabor

Barriga é barriga, peito é peito e tudo mais.
Confesso que tive agradável surpresa ao ver Chico Anísio no programa do Jô, dizendo que o exercício físico é o primeiro passo para a morte. Depois de chamar a atenção para o fato de que raramente se conhece um atleta que tenha chegado aos 80 anos e citar personalidades longevas que nunca fizeram ginástica ou exercício - entre elas o jurista e jornalista Barbosa Lima Sobrinho - mas chegou à idade centenária, o humorista arrematou com um exemplo da fauna: A tartaruga com toda aquela lerdeza, vive 300 anos. Você conhece algum coelho que tenha vivido 15 anos?
Gostaria de contribuir com outro exemplo, o de Dorival Caymmi. O letrista compositor e intérprete baiano era conhecido como o pai da preguiça. Passava 4/5 do dia deitado numa rede, bebendo, fumando e mastigando. Autêntico marcha - lenta, levava 10 segundos para percorrer um espaço de três metros. Pois mesmo assim e sem jamais ter feito exercício físico viveu 90 anos.
Conclusão: Esteira, caminhada, aeróbica, musculação, academia? Sai dessa enquanto você ainda tem saúde... E viva o sedentarismo ocioso! Não fique chateado se você passar a vida inteira gordo. Você terá toda a eternidade para ser só osso!
Então: NÃO FAÇA MAIS DIETA! Afinal, a baleia bebe só água, só come peixe, faz natação o dia inteiro, e é
GORDA! O elefante só come verduras e é GORDOOOOOOOOO!
VIVA A BATATA FRITA E O CHOPP! Você, menina bonita, tem pneus? Lógico, todo avião tem!
E nunca se esqueçam: “Se caminhar fosse saudável, o carteiro seria imortal”.

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Hoje é o dia mundial da música



A música é a mais universal das formas de comunicação.
Ultrapassa os limites do ser humano.
A sua estrutura mantém-se práticamente imutável desde os alvores da vida na Terra.
É a actividade que consegue condicionar mais estados de alma.
Uma mais-valia para todos quantos têm a capacidade de a apreciar, mas mais que tudo um prazer.

Hoje é o dia nacional da água


Proteja um dos recursos mais ameaçados do nosso planeta: consuma água apenas quando estritamente necessário.