terça-feira, 20 de setembro de 2011

do Verão, o ansiado final


Estamos quase lá.
Oxalá cumpra.
O Outono é a única estação que tem obrigação de se comportar como lhe ensinaram.
Vamos então esperar pelas manhãs fresquinhas, pelas tardes de sol (mas sem grandes caloraças), dos pores do sol com pose de postal (sempre que falo do Outono tenho que escrever esta expressão) e das noites a começar aos poucos a pedir lareira.
Um dia destes vão aparecer os Panettones no Lidl, sinal que a caminhada é irreversível.
Desejo-nos, a todos sem excepção, um fantástico Outono.
Com nozes, castanhas e romãs e agua-pé para quem for apreciador.

1 comentário:

  1. Parece que isto não recebia comentários.
    Espero que agora esteja resolvido.

    ResponderEliminar