domingo, 30 de novembro de 2008

O Carnaval tambem leva a mal 2


Pelos comentários que o post anterior suscitou, deu para ver o interesse do assunto: nenhum!
Mas eu insisto, quanto mais não seja porque está a chover e porque não gostei da troca de galhardetes que gerou o post anterior.
Se o assunto era a suposta conotação entre o PSD e a ACB, o jornalista do JN foi questionar o Gonçalo Breda Marques porquê? O Gonçalo não pertence à Comissão Política do PSD, tão pouco tem neste momento a confiança política do partido e, que eu saiba, o Gonçalo nunca pertenceu à ACB. Aliás, enquanto vereador (ainda com confiança política) consta-me que apoiou a ideia da auditoria às contas da ACB, ele e os outros vereadores do PSD.
O Gonçalo garantiu-me que o JN o abordou nesses termos e que ele rejeitou liminarmente qualquer conotação entre as duas coisas. Ficou até surpreendido por o JN ter insistido na suposta conotação e por o ter escrito. Acredito que o tenha feito, mas deveria ter feito mais: deveria ter-se demarcado de forma assertiva desse assunto e deveria ter enviado o jornalista à sede do PSD para mais informações. Poderia ter estado melhor, mas como lhe estenderam o palco, não resistiu. Assim, mesmo sem querer, alimentou a cusquice.
Estranho que a comissão política do PSD não tenha ainda feito qualquer demarcação deste assunto.
Se calhar é por ser fim de semana prolongado.
É público que a opinião do orgão acerca da auditoria sofreu flutuações ao longo do tempo, mas é tambem clara a importância das declarações do seu presidente no despoletar de todo o processo.
Digamos que está tudo um bocadinho "em cima do muro".
O Carnaval da Mealhada é muito mais importante que estas tricas e a sua organização não se resume à malta que, alegadamente, "se vai divertir para o Brasil".
Se a Câmara Municipal da Mealhada resolver tomar em mãos a realização do evento em moldes que possam ajudar o desenvolvimento turístico do nosso concelho, acho uma excelente ideia, podem contar com a minha colaboração, obviamente desinteressada.
Primeiro porque não acho piada nenhuma ao evento o que tornaria a minha modesta suposta colaboração em puro serviço público.
Segundo porque detesto andar de avião.
Terceiro porque não tenho qualquer fascínio pelo Brasil e, que eu saiba, não está prevista a compra de lantejoulas em Nova Iorque ou em Amesterdão.
Claro que a ideia da conotação entre a ACB e o PSD pode ter sido apenas alucinação do jornalista.

22 comentários:

  1. Não podemos ser mais Papistas que o Papa. Então acha que o Breda quando lhe perguntaram o que achava da auditoria ele deveria ter dito para perguntarem ao partido?
    O partido (comissão politica) não assiste às reuniões de Câmara.
    Não acha que iam interpretar isso como sendo gozo?
    Limitou-se a responder o que pensava. Que deviam ser mais profissionais. Não é o que todos pensamos?

    ResponderEliminar
  2. Se ainda por cima lhe disse que discordou do jornalista onde está a questão?
    O jornalista apenas publicou o que achou relevante.
    Mas nada do que publica contradiz o seu confidente Breda.

    ResponderEliminar
  3. Pedro Costa concordo consigo quando entende que o PSD devia demarcar-se dessa insinuação. O facto do João Peres ser Presidente do Carnaval não implica que o PSD tenha que estar ao seu serviço.

    ResponderEliminar
  4. A conotação faz-se a partir do momento em que os vereadores do PSD se manifestam a favor da auditoria mas depois a comissão politica vem argumentar que a auditoria era ilegal. Dando precisamente a ideia que foram em defesa do senhor João Peres.

    ResponderEliminar
  5. Já quando os vereadores do PSD se demarcaram da proposta da ACB para se fazer o cortejo nos Viveiros lá veio a comissão política defender o contrário.

    ResponderEliminar
  6. Carvalheira a tentar desculpar os erros do Carnaval que ele próprio cometeu enquanto foi presidente da ACB enterrou-os.
    Ter ido para um jornal dizer que eles pagavam a fornecedores sem receber recibos fez com que as Finanças os apertassem.

    ResponderEliminar
  7. O PSD tem que estar quietinho. O Peres é que manda lá.

    ResponderEliminar
  8. O Peres manda ainda mais no PS que no PSD-não está ele sempre do lado do poder? ...e Marqueiro, cheira a poder!
    -Não se iludam camaradas socialistas. Esta é a realidade...

    ResponderEliminar
  9. A interligação entre o PSD e a ACB é simplesmente uma associação politicamente suja. Assunto encerrado.

    Quanto ao resto... que a organização do Carnaval tinha "contornos amadores" já se sabia! Com tal "descalabro" suponho que ninguém contava!!!

    Surpreendem-me as "contas" que li no jornal: 97.000 € de despesas para as quais não há suporte documental??? Então ouviam-se "bocas" que insinuavam serem isados os fundos do Carnaval para férias no Brasil, jantaradas e outros "eventos sociais" e os supostos envolvidos não se defenderam??? Não trataram de pedir todas as facturas, todos os recibos, todas as vendas a dinheiro que provam que esta é (será?) um enorme calúnia???
    Quem não se quer ver acusado injustamente defende-se. No que diz respeito a dinheiro a única defesa possível é documental! Não sabiam???

    Quanto à sugestão: concordo que a Câmara deveria chamar a si a organização do evento.
    Porque é uma tradição com 30 anos já faz parte de nós e não deveria perder-se. Além disso estou perfeitamente convencida que, justificadas todas as despesas e cortados todos os "extras" o Carnaval dará lucros e dentro de poucos anos talvez sustentar-se a si próprio!
    Se a câmara efectivamente o fizer também me disponho a colaborar! Não sou tão isenta como tu Pedro - eu gosto de Carnaval! - mas prometo que apresento todos os recibos e justifico todas as despesas!

    ResponderEliminar
  10. O que cada vez mais fica a vista é que o que se passa na Mealhada é uma vergonha!!!

    Esta festa, “Carnaval” não passa de romaria, que por acaso é a única no concelho que é financiada com o dinheiro do contribuinte!!!

    Meus caros, sou da opinião, que este tipo de eventos devem-se auto financiar caso contrario não há razão para a sua existência. Caso passe para a Câmara a existem da ACB deixa de fazer lógica pois mais uma vez vamos alimentar um Elefante Branco.

    Esta romaria nada de bom trás ao concelho!
    Que for de fora a Mealhada paga bilhete, quem for da Mealhada não paga bilhete tem convite!!!

    Bonito

    ResponderEliminar
  11. Estranho é o Carnaval do ano passado só ter tido um dia de cortejo e ter dado 30.000 euros de lucro.

    Deve haver uma boa explicação.

    ResponderEliminar
  12. E desta vez não o doaram à Santa Casa? Porque será?

    ResponderEliminar
  13. Será que a santa Casa já não precisa?

    ResponderEliminar
  14. A Câmara dava ao Carnaval 100.000 euros e o Carnaval dava-se ao luxo de doar a quem quisesse.
    Bela Farra!

    ResponderEliminar
  15. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  16. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  17. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  18. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  19. Juízo.
    Eu responsabilizo-me pelo que escrevo porque só escrevo sobre aquilo que sei ou posso provar.
    O que eu não sei ou não posso provar não escrevo pois pode trazer-me incómodos e eu detesto ser incomodado. O mesmo se aplica ao que terceiros escrevem no meu espaço.
    Lamento.

    ResponderEliminar
  20. http://achatcialisgenerique.lo.gs/ cialis sans ordonnance
    http://commandercialisfer.lo.gs/ cialis
    http://prezzocialisgenericoit.net/ cialis farmaco per impotenza
    http://preciocialisgenericoespana.net/ cialis

    ResponderEliminar
  21. http://prixviagragenerique50mg.net/ viagra achat
    http://prezzoviagraitalia.net/ comprare viagra
    http://precioviagraespana.net/ viagra

    ResponderEliminar
  22. Great post your given information does help me a lot knowing that you have shared this information here freely.
    Panasonic Laptops

    ResponderEliminar